previous month Julho 2017 next month
D Se T Q Q Se S
week 26 1
week 27 2 3 4 5 6 7 8
week 28 9 10 11 12 13 14 15
week 29 16 17 18 19 20 21 22
week 30 23 24 25 26 27 28 29
week 31 30 31
Turismo PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Os visitantes da Freguesia de Valongo do Vouga podem apreciar a beleza arquitectónica de diversos monumentos.

A Igreja Paroquial, com o seu patrono S. Pedro, foi construída no século XVII. Sofreu uma grande reforma entre 1930-35, subsidiada pela família Sousa Batista. No seu interior, há esculturas datadas do século XUIII e uma custódia do século XVII. A pia baptismal, de estilo Manuelino, data do século XVI.

A Capela de Stº Estêvão localiza-se em Brunhido e caracteriza-se pela sua singela construção, datada, provavelmente, do século XVII. Tem um retábulo de madeira dourada que não é muito comum na região e rosácea em calcário do século XIII-XIV.

No lugar do Sobreiro, encontramos a Capela de Nossa Senhora das Necessidades. De construção de plano rectangular, data do século XVII.

Por sua vez, a Capela da Aguieira, reconstruída, tem imagens de S. Miguel do século XVI e Trindade em madeira do mesmo Capela de S.Miguel              

Nesta Freguesia, destacam-se também os Cruzeiros de Aguieira e de Arrancada do Vouga, datados do século XVII.

Outro local de interesse turístico consiste na Quinta da Aguieira, datada do século XIX. Deverá ter sido criada pelos Viscondes de Aguiar em 1872. Tem uma capela que, embora apresente uma fachada moderna, conserva a antiguidade no seu interior.

 As Quintas da Aguieira e de Póvoa, assim como a Casa da Família Alberto Henriques também merecem uma atenção mais cuidada.

Nos lugares de Brunhido e de Sobreiro, encontramos mais duas casas senhoriais. Em Brunhido, a casa distingue-se pela utilização de grés tenro para a sua pedra natural. A fachada principal volta-se para a rua que leva à capela e para outra que conduz a um cruzamento.

As grades de ferro datam do século XIX e a varanda coberta dá acesso à fachada principal. Na pequena povoação de Sobreiro, já na zona do xisto, destaca-se uma casa com aspectos de abandono. Foi construída na primeira metade do século XVII, como indicam os vãos rectangulares, as janelas de avental e as cantarias de granito.

O Parque Desportivo Bastos Xavier merece também uma visita atenta.

 

 

Foto Galerias »

Veja as fotos que reunimos de eventos, serviços e entidades da nossa freguesia.